Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Exército Brasileiro realiza primeira homenagem às mulheres da FEB na Itália

Publicado: Sexta, 23 Abril 2021 13:01 | Última atualização: Terça, 11 Maio 2021 14:58

capa

Pistoia (Toscana) – Durante as comemorações do término da Segunda Guerra Mundial, uma parceria inédita entre o Exército Brasileiro, por meio da sua Aditância em Roma,o município italiano de Pistoia e a Associação Linha Gótica Pistoiense, com o apoio de várias instituições civis e de cidadãos da região da Toscana, ofereceu à sociedade local uma obra que torna tangível o altruísmo e o trabalho silencioso que as mulheres febianas desenvolveram durante aquele conflito armado nos anos de 1944 e 1945: o Monumento Votivo Militar Brasileiro dedicado às enfermeiras da Força Expedicionária Brasileira (FEB). O monumento foi inaugurado no centro da cidade de Pistoia, na bela Praça da Resistência, no exato local onde foi instalado o 16º Hospital de Evacuação das tropas aliadas e que contou com o apoio fundamental das enfermeiras da FEB.

Foto histórica do 16º Hospital de Evacuação das tropas aliadas em Pistoia

Foto histórica - Infermeiras da FEB no 16º Hospital de Evacuação em Pistoia

O monumento votivo é composto por uma pedra de mármore branco, retirado da cadeia montanhosa Apenino Setentrional, onde a FEB superou as defesas inimigas, chamada de Linha Gótica. O canteiro florido, que circunda o monumento, simboliza a perene amizade entre o Brasil e a Itália. A placa principal apresenta a foto das enfermeiras da FEB no exato local da homenagem. Na lateral da pedra de mármore existe outra placa com o nome, em ordem alfabética, das 73 febianas que operaram nos hospitais militares de toda Itália durante a guerra.

Placa principal do monumento dedicado às mulheres da FEB

Placa com os nomes das 73 infermeiras febianas

Atendendo todas as medidas de segurança estabelecidas pela emergência sanitária vigente no país, pela primeira vez, italianos e brasileiros reverenciaram a participação das mulheres da FEB na Campanha da Itália, durante a Segunda Guerra Mundial. A cerimônia contou com a presença do coronel André Luiz dos Santos Franco, Adido do Exército (AdiEx) junto à Embaixada do Brasil na Itália, do prefeito de Pistoia, Alessandro Tomasi, do presidente da Associação Linha Gótica Pistoiense, Paolo Franceschi, de representantes dos poderes executivo e legislativo da província e do município de Pistoia e de autoridades civis e militares, italianas e brasileiras.

Immagine

Inauguração do monumento

Inauguração do monumento

 

Deposição floral

Após a execução dos hinos nacionais da Itália e Brasil, o AdiEx e o prefeito de Pistoia descerraram a placa em homenagem às mulheres da FEB, inaugurando o monumento votivo, com a retirada do pavilhão dos dois países-irmãos. Na sequência, ambos depositaram buquês com 16 rosas, simbolizando as enfermeiras que serviram no hospital de evacuação de Pistoia. Além disso, o coronel Santos Franco condecorou o Estandarte Municipal com a medalha “Tributo à FEB”, instituída pelo Comandante do Exército, por meio da Portaria nº 163, de 13 de fevereiro de 2020, com o objetivo de distinguir instituições civis estrangeiras, que tenham realizado ações ou serviços relevantes para a conservação e difusão da memória histórica da FEB na Segunda Guerra Mundial.

O Adido do Exército condecora Estandarte Municipal com a medalha “Tributo à FEB”

O Prefeito de Pistoia com o diploma da medalha “Tributo à FEB” e o Adido do Exército

Nas suas palavras, o AdiEx destacou que a idealização e execução daquele monumento procurou tornar perene a imagem das enfermeiras da FEB na memória histórica da cidade de Pistoia. Afirmou, ainda, que aquele espaço cultural torna-se-á um ponto de referência de todas as mulheres, que contribuíram para a vitória das forças aliadas contra o nazifascismo, que fizeram da sua missão um verdadeiro sacerdócio, enfrentando com bravura e sacrifício as dificuldades e mazelas da guerra.

O Adido do Exército e autoridades militares e civis presentes

Militares do Exército Brasileiro e autoridades civis presentes

A atividade foi sempre marcada por muita emoção para todos os presentes, constatando que a chama da liberdade, da justiça e da democracia acesa pela coragem das nossas enfermeiras, verdadeiras heroínas, guerreiras silenciosas, que salvaram a vida de tantos “pracinhas” com carinho e dedicação, nunca será apagada dos corações e das mentes do povo italiano.

Monumento dedicado às mulheres da FEB

Totem explicativo

registrado em:
Fim do conteúdo da página