Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

ADIDO DO EXÉRCITO

 

adido

 

 

CORONEL DE COMUNICAÇÕES

ANDRÉ LUIZ DOS SANTOS FRANCO

 

Ao ser nomeado para o cargo de Adido do Exército junto à Representação Diplomática do Brasil na República Italiana, com sede em Roma, o Coronel Santos Franco desempenhava o cargo de assessor no Centro de Doutrina do Exército (Brasília-DF), onde chefiava a Carteira de Comando e Controle.

É natural da cidade de Nova Iguaçu, no estado do Rio de Janeiro e ingressou nas fileiras do Exército em 16 de fevereiro de 1987, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (Campinas-SP). Foi declarado aspirante-a-oficial da arma de Comunicações em 4 de dezembro de 1993, tendo sido promovido ao posto atual em 30 de abril de 2017.

Iniciou sua carreira de oficial na extinta 1º Companhia de Comunicações Blindada (Rio de Janeiro-RJ), de onde partiu para realizar os Cursos de Manutenção de Material Bélico, na então Escola de Material Bélico (Rio de Janeiro-RJ) e Básico de Guerra Eletrônica, no então Centro Integrado de Guerra Eletrônica (Brasília-DF).

Serviu também nos então 1º Batalhão de Comunicações Divisionário (Santo Ângelo-RS), Centro Integrado de Guerra Eletrônica (Brasília-DF), 1ª Companhia de Guerra Eletrônica (Brasília-DF), foi Comandante da 5ª Companhia de Comunicações Blindada (Curitiba-PR), Oficial de Estado-Maior da 9ª Região Militar e do 9º Grupamento Logístico, ambos em Campo Grande-MS, e Comandante do 1º Batalhão de Comunicações (Santo Ângelo-RS).

Em 2013, realizou o Curso de Direção de Estratégia Militar no Estado-Maior das Forças Armadas Argentinas, em Buenos Aires.

Além dos cursos de Formação, Aperfeiçoamento e Altos Estudos Militares, o Coronel Santos Franco realizou os seguintes cursos e estágios militares: Básico do Combatente de Montanha, Planejamento de Guerra Eletrônica em Apoio às Operações e Comandante de Organização Militar Blindada.

É doutor em Ciências Militares pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, tendo ainda realizado os seguintes cursos:

- Mestrado em Operações Militares (Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais);

- Mestrado em História Política (Universidade Federal do Paraná);

- Pós-graduação em História e Geografia (Universidade Regional Integrada);

- Pós-graduação Metodologia do Ensino Superior (Universidade Federal Rural RJ);

- MBA em Estratégia (Instituto Universitário Aeronáutico da Argentina); e

- Bacharelado e Licenciatura Plena em História (Universidade do Estado do RJ).

Ainda na área acadêmica, o Coronel Santos Franco sagrou-se vencedor de 2 (dois) Prêmios Culturais Tasso Fragoso, conferidos pela Biblioteca do Exército (Rio de Janeiro-RJ), nos anos de 2004, com a obra “A presença militar no noroeste gaúcho: uma análise historiográfica da formação social militarizada da região missioneira do Rio Grande do Sul (1754-1929)” e 2010, com o trabalho intitulado “O sibilar das metralhas de outubro: o movimento armado de 1930 no sul do Brasil”.

Entre as condecorações com que foi agraciado, destacam-se:

- os Distintivos de Comando Dourado e Prateado;

- a Medalhas Militares de Ouro, Prata e Bronze;

- a Medalha Ordem do Mérito Militar;

- a Medalha Mérito Tamandaré;

- a Medalha do Pacificador;

- a Medalha da Vitória;

- a Medalha Jubileu de Ouro da Vitória na II Guerra Mundial;

- a Medalha Corpo de Tropa Bronze;

- a Medalha Esplendor dos Heróis da Paz;

- a Medalha Marechal Rondon; e

- a Medalha Estrela de Reconhecimento da Brigada Militar do Rio Grande do Sul.

 

O Coronel SANTOS FRANCO é habilitado nos idiomas Italiano, Inglês e Espanhol.

 

 

Fim do conteúdo da página